Telefone Advogado
  • (51) 3212.2197
  • (51) 3226.9086


Notícias

“Na OAB temos de ter a posição da razão”, diz Lamachia na abertura da Expodireto Cotrijal

06 de março de 2018

O presidente da OAB nacional, Cláudio Lamachia, falou de sua trajetória como dirigente de Ordem ao discursar na abertura da maior feira de Agronegócio do sul do país: a 19ª edição da Expodireto Cotrijal, na cidade de Não- Me-Toque, no Rio Grande do Sul. Lamachia ponderou sobre sua trajetória iniciada há doze anos, numa busca por mudança de postura da Ordem dos Advogados do Brasil. O presidente da OAB fez sua fala antes da palestra proferida pelo presidente da seccional gaúcha da Ordem, Ricardo Breier, sobre o tema “Brasil Liberta-te!”.

“Buscávamos mais transparência, mais seriedade no trato das questões, e tudo aquilo que nos propusemos a fazer, fizemos”, disse Lamachia. “Na OAB temos que ter posição e precisamos procurar a posição da razão. E ela vem, muitas vezes, por aquilo de mais precioso que podemos ter que é o exemplo. Não importa se nos identificamos mais com um ou outro lado, nós precisamos nos identificar com a Constituição Federal”, concluiu Lamachia.

Antes da palestra de Breier, além da fala de Lamachia, o evento contou com a abertura feita pelo vice-presidente da Cotrijal, Ênio Schroeder, que aproveitou a ocasião para destacar a importância de ter um acontecimento em parceria com a OAB-RS. “Um órgão respeitado, cuja presença nos faz desejar que esse seja o primeiro de muitos eventos”, disse. “A Expodireto está à disposição para, no próximo ano, fazermos um evento ainda melhor em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil”, pontuou.

A presidente da subseção de Não-Me-Toque, Patrícia Huppes, fez a saudação inicial. Ela enfatizou o orgulho em ter uma diretoria feminina na subseção. Aproveitou a ocasião para destacar como “o alcance da igualdade de gênero requer uma abordagem inclusiva que reconheçam o papel fundamental dos homens como parceiros dos direitos das mulheres”. “É preciso buscar o combate à discriminação e a política de ódio que cega e inviabiliza o exercício pleno da cidadania, assim seguiremos em frente com a bravura de todas e todos”, concluiu Patrícia.

O Prefeito de Não-Me-Toque, Armando Roos, parabenizou a iniciativa do ciclo de palestras da Ordem dos Advogados do Brasil na Expodireto Cotrijal. “É indispensável que o Brasil tenha lideranças como aqueles que vemos na OAB, que transmitam segurança, e sejam símbolo daquilo que é justo”, afirmou o prefeito.

A presidente da Câmara de Vereadores de Não-Me-Toque, Maria Fátima Crestani, destacou a importância da união. “Ninguém é tão bom quanto todos nós juntos”, resumiu ela.

Brasil Liberta-te
“Estamos sempre focados nas prerrogativas do advogado, mas, agora, no momento em que estamos, precisamos, mais do que nunca, estar atentos à representatividade da cidadania” destacou o presidente Breier no início de sua palestra.

Breier destacou o panorama histórico do Brasil e como “tivemos anos de escravidão, anos ditadura, um presidente que cometeu suicídio, um que renunciou, outros foram-lhe caçados. E três pedidos por Impeachment. E contra tudo isso tivemos alguns poucos movimentos”, disse ele.

“De alguma forma, talvez nos falte aquilo que é o combustível da mudança: a informação”, asseverou o presidente. A missão da OAB nesse momento é, portanto, levar adiante esse mote: Brasil, liberta-te, pois sim ainda estamos escravizados”.

“Talvez estejamos nesse grande momento histórico da OAB, o qual não temos como objetivo redemocratizar o Brasil, mas é salvá-lo. Sócrates podemos fazer isso, levando informação àqueles que não tem informação”, complementou Breier.

Explicou, portanto, as diretrizes do projeto Vote Consciente e disse que também é responsabilidade dos presidentes de subseção do interior levarem adiante a campanha.

“Portanto, onde houver pessoas reunidas, vamos levar: voto não tem preço, tem consequência: vote consciente. Nosso problema não é político, é representação da cidadania. As eleições não podem mais ser dos partidos políticos. As eleições devem ser da sociedade. Assim, podemos dar um passo importante na oxigenação da política do Brasil”, concluiu o presidente da OAB-RS, Ricardo Breier.